Skip to main content

14 maneiras de impulsionar o Bem-Estar da sua empresa

É preciso encarar os fatos: passamos a maior parte do nosso tempo no trabalho.

E, diante deste fato, as empresas estão aprendendo que reconhecer este fato – em vez de negá-lo – não é apenas a coisa certa a fazer, mas também uma decisão de impacto.

É verdade também que os benefícios de se investir em bem-estar para os colaboradores são muitas vezes subvalorizados pelas organizações. Contudo, o foco no bem-estar dos funcionários e no seu propósito é uma estratégia inteligente para construir uma cultura forte. E para isso é preciso querer o melhor para todos na organização.

E por que isso? O bem-estar está ligado ao engajamento e à produtividade, e sua empresa se torna mais forte quando você faz disso uma prioridade.

 

A empresa não é o produto que você faz, sua propriedade intelectual ou mesmo os clientes. Em primeiro lugar, a empresa é suas pessoas.

 

Antes de falarmos sobre as táticas de fato, primeiro uma explicação sobre o que queremos dizer com o bem-estar do colaborador:

“Felicidade”, “engajamento”, e “bem-estar” são termos que muitas vezes são usados alternadamente para dizer a mesma coisa. Porém, apesar de estarem profundamente conectados, eles significam coisas diferentes e implicam diferentes estratégias.

 

Qual é a diferença?

Especificamente, o bem-estar dos funcionários é sobre como o seu trabalho – seus deveres, expectativas, nível de estresse, e meio ambiente – afeta sua saúde geral e felicidade.

E enquanto isso certamente inclui coisas como exercício e nutrição, bem-estar não é apenas sobre a saúde física. É sobre humor e cognição, e os fatores menos tangíveis, como senso de propósito. Acima de tudo, é sobre a compreensão de seus funcionários a partir de uma perspectiva holística, tendo em conta a totalidade de suas vidas, e considerando a sua qualidade de vida como um todo.

É mais fácil falar que fazer, nós sabemos. Mas aqui estão 17 maneiras comprovadas e poderosas para aumentar o bem-estar do funcionário em sua empresa.

 

1. Criar desafios fitness

Desafios de fitness são uma das melhores maneiras para alavancar o bem-estar da sua empresa. Por que eles são tão eficazes? Desafios de fitness fazem uso do espírito de diversão e de competição amigável. A possibilidade de envolver-se com os colegas irá estimular uma maior participação e inspirar sua equipe a se esforçar-se ainda mais do que seria por conta própria.

 

2. Dê aos funcionários as ferramentas para descobrir seu propósito

Acreditamos que quando você foca no engajamento genuíno dos funcionários, hábitos de saúde positivos são a consequência natural. Então, o que gera engajamento “genuíno” no bem-estar? Algumas coisas:
Primeiro, o foco na motivação intrínseca dos seus funcionários (todo mundo tem objetivos muito específicos, individuais e razões para trabalhar na sua própria saúde).

Em segundo lugar, promover um senso de propriedade, incentivando os funcionários a personalizar quais hábitos de saúde e bem-estar serão trabalhados em suas iniciativas de bem-estar.

Em terceiro lugar, oferecer um coach que trate os empregados não como problemas a serem resolvidos, mas como seres humanos a serem melhorados. Finalmente, dar aos trabalhadores a oportunidade de serem líderes ou Champion do programa, incentivando que o interesse em novas iniciativas acontece de baixo para cima, partindo das pessoas e não impostas pela empresa.

O engajamento possui um impacto incrível sobre a sua cultura empresarial. Quando um funcionário vê o bem-estar como um bônus e não como algo que eles têm que fazer, você começa a ver a satisfação no trabalho, a produtividade e a felicidade decolar.

 

3. Caminhar durante suas reuniões

Quer outra maneira de ajudar sua equipe a “hackear” o seu caminho para a melhoria da saúde? Faça a sua próxima reunião durante uma caminhada. Reuniões pé são uma ótima maneira de adicionar um pouco de movimento e exercício em sua programação, sem sacrificar a produtividade.

Na verdade, você está mais propenso a aumentar a sua produtividade. O fluxo de sangue maior e a mudança de ambiente irá melhorar o foco e estimular a criatividade. Alguns dos maiores pensadores da história – incluindo Steve Jobs, Harry S. Truman, e até mesmo Aristóteles – utilizavam essa técnica.

 

4. Implementar jornadas de trabalho flexíveis

Como dissemos no início, o bem-estar do colaborador empregado não é apenas sobre a saúde física. É sobre a sua qualidade de vida como um todo. Nossas vidas são multifacetadas. O trabalho é importante, mas há tantas outras coisas fora do trabalho que dão nossas vidas significado e propósito – coisas como família, fé, comunidade e hobbies.

Desnecessário será dizer que estas coisas requerem o nosso tempo e energia. Mais frequentemente do gostaríamos, as obrigações de trabalho são barreiras no caminho, e nosso bem-estar sofre com isso.

Permitindo jornadas de trabalho flexíveis, você consegue duas coisas. Primeiro, habilita funcionários para alterar seus hábitos de trabalho para atender suas necessidades da família ou de continuar a trabalhar em projetos que dão significado adicional a suas vidas.

Talvez mais importante, você envia um sinal de que você confia em seus funcionários. Quando você permite que os funcionários definam os seus próprios horários, desde que cumpram prazos e entreguem resultados, eles se sentem mais como parceiros do que marionetes corporativas – e eles vão trabalhar muito mais duro para e por você.

 

5. Combater os males do sedentarismo com mesas altas

Sabia que o “sentar” é o novo fumar? É verdade, o sedentarismo representa uma grave ameaça para a saúde de milhões de trabalhadores no Brasil e no mundo e custa muito caro para governos e empresas.

E não somos nós que estamos dizendo isso. De acordo com o New York Times, “Não importa se você vai correr todas as manhãs, ou frequenta a academia regularmente. Se você passar a maior parte do resto do dia sentado – em seu carro, sua cadeira de escritório, em seu sofá em casa – você está colocando-se em maior risco de obesidade, diabetes, doenças do coração, uma variedade de cânceres e uma morte precoce.”

Uma forma de compensar esses perigos de estar sentado é… ficar de pé. Ficar sentado é uma das coisas mais passivas que você pode fazer. Ao ficar de pé enquanto você trabalha, seu corpo vai queimar energia enquanto sua perna, tronco e músculos trabalham para equilibrar o corpo.

 

6. Foco em Desenvolvimento Pessoal

Ninguém quer um beco sem saída. Na verdade, é completamente o oposto. Seus funcionários – especialmente as pessoas mais jovens do grupo – anseiam por progresso. Eles precisam se sentir estando em um caminho que leva a algum lugar.

Uma maneira de garantir que seus funcionários estejam aprendendo e crescendo é, auxiliando seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Você pode fazer isso de algumas maneiras: uma biblioteca de desenvolvimento pessoal, onde todos os funcionários são incentivados a emprestar livros. Ou quem sabe oferecer planos de desenvolvimento individual. Os funcionários desenvolvem objetivos, e em seguida, trabalham com os gestores para desenvolver um caminho para alcançar essas metas e realizam verificações mensais para assegurar o comprometimento e evolução.

Quem sabe ainda sessões semanais de desenvolvimento pessoal e profissional liderados pela liderança sênior. É uma ótima maneira de inspirar sua equipe e compartilhar conhecimento e experiência.

 

7. Permita dias de trabalho remoto para renovar o foco e remover distrações

Às vezes, você só precisa mudar de ambiente.

Se for possível, permita que seus funcionários trabalhem de casa ou de um local externo (como um café, parque, ou a praia) um dia por semana. Fazer isso permite maior foco, e uma mudança de cenário pode inspirar novas ideias.

Além disso, esta flexibilidade envia um sinal de que você confia em seus, e resultará em maior bem-estar emocional e engajamento.

 

8. Incentivar o uso da bicicleta para ir ao trabalho

Ir de bicicleta para o trabalho é uma ótima maneira de resolver dois problemas de uma só vez: mudar um pouco de ambiente e fazer exercício ao mesmo tempo.

Além disso, usar a bicicleta para ir ao trabalho poupa o planeta… e dinheiro da gasolina. É uma relação ganha-ganha-ganha.

Você pode formar grupos ou também usar gamificação para adicionar uma camada extra de diversão, criando rotas, rankings e desafios. Realmente funciona!

 

9. Prática de meditação guiada

Os benefícios da meditação são tantos que é impraticável enumerar. Mas eles incluem coisas como dormir melhor, melhorar o metabolismo e perda de peso, redução do estresse e envelhecimento e melhora do humor e cognição.

Na verdade, o especialista em produtividade Tim Ferriss afirma frequentemente que seu único arrependimento quando se trata de meditação é que ele não começou dez anos antes.

O resultado de oferecer isso na sua empresa é uma equipe visivelmente mais calma e mais focada. Se você não possui um especialista para conduzir esse processo, saiba que existem aplicativos incríveis que ajudam na prática de meditação.

 

10. Aumente a confiança oferecendo férias ilimitadas

Sim, você leu corretamente.

Empresas como GE, Netflix, Hubspot, são apenas algumas das que estão adotando a tendência de férias ilimitadas. Agora, antes de descartar essa possibilidade, ilimitada não significa que os funcionários são livres para receber um salário enquanto relaxam em uma praia durante seis meses do ano.

Na prática, férias ilimitadas conecta o tempo fora a resultados. A política é que, enquanto você cumprir seus prazos, metas e entregar resultados, você é livre para tomar o máximo de férias que você deseja.

Férias ilimitadas funcionam porque ao enfatizar resultados, demonstra mais uma vez que você confia em seus funcionários para fazer a coisa certa pela sua empresa. Os funcionários gostam de serem tratados como adultos, e são inspirados a entregar resultados elevados para justificar um pouco de responsabilidades extras.

É um ganha-ganha para a empresa e empregado da mesma forma, e impulsiona o bem-estar dos funcionários.

 

11. Períodos sabáticos para comemorar indivíduos e reduzir o desgaste

Períodos sabáticos funcionam assim: depois que um empregado atinge um certo estágio – geralmente 3 a 5 anos em uma empresa – ele ou ela é elegível para tirar de 6 a 8 semanas de folga para viajar, ou trabalhar em um projeto pessoal ou algo similar (a única coisa que está fora de questão é estar sentado em casa sem fazer nada!).

A proposta é embarcar em uma viagem que será pessoalmente enriquecedora, e que trará novas perspectivas, novas ideias e novos aprendizados que ele ou ela pode trazer de volta para a empresa.

E antes de você assumir que 6 semanas é muito tempo para estar longe do trabalho, considere que, depois de 5 anos, isso representa uma fração muito pequena do tempo total em uma empresa.

 

12. Licença paternidade ilimitada

A Netflix virou notícia recentemente quando anunciaram que estavam oferecendo licença de paternidade / maternidade ilimitada. Lá os funcionários são livres para tirar o tempo que julgarem necessário – no primeiro ano – depois que uma criança de nasce ou é adotada.

Ao oferecer algo a mais do que é obrigatório por lei, você mais uma sinaliza aos seus funcionários que você entende que suas vidas fora do trabalho – em particular a vida de sua família – são importantes.

Esta conexão emocional ajuda a contribuir para uma maior sensação geral de bem-estar dos funcionários.

 

13. Faça do reconhecimento e comemoração parte da cultura da sua empresa

Uma das mais desejada – e mais fáceis de implementar – iniciativas de bem-estar é simplesmente reconhecer colaboradores por seu esforço e realizações.

Isto é especialmente eficaz para os Milennials, que estão acostumados a receber elogios desde muito jovens. Eles fazem parte da chamada “geração da autoestima”, que muitas vezes pedem mais reconhecimento do que um aumento de salário.

Uma carta de agradecimento escrita à mão ou um programa de reconhecimento de reconhecimento formal – o “empregado do mês”, por exemplo – tudo isso ajuda a construir um ambiente emocional positivo que apoia o bem-estar.

 

14. Incentivar cuidados preventivos, como vacinas contra a gripe

Talvez isso não seja o “mais sexy”, mas uma das melhores maneiras de melhorar a saúde geral no escritório é fazer combater a potenciais doenças antes que eles aconteçam. E a gripe é uma grande vilã.

Uma temporada de frio e gripe pode dizimar seu escritório. Já parou para pensar o quanto em produtividade e saúde essa doença pode provocar?

Uma maneira de reduzir essas perdas? Incentivar vacinas contra a gripe. Oferecer um bônus pequeno, cartão de presente, ou brinde para os funcionários que recebem a vacina. Sua empresa vai mais do que cobrir suas os custos, evitando o absentismo em massa.

 

Conclusão

E para você? Quais são os benefícios ao investir no bem-estar dos empregados e o que suas empresas fazem para garantir que ele é uma prioridade? Deixe seu comentário abaixo!

 

 

Adaptado de: http://www.snacknation.com/blog/employee-wellbeing/

 

 

Um comentário em “14 maneiras de impulsionar o Bem-Estar da sua empresa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *